Sistemas: Acordãos
Busca:
8843093 #
Numero do processo: 35342.001091/2007-99
Turma: Primeira Turma Ordinária da Quarta Câmara da Segunda Seção
Câmara: Quarta Câmara
Seção: Segunda Seção de Julgamento
Data da sessão: Wed Sep 22 00:00:00 UTC 2010
Ementa: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS Período de apuração: 01/03/1999 a 31/12/2001 PREVIDENCIÁRIO - CUSTEIO - NOTIFICAÇÃO FISCAL DE LANÇAMENTO DE DÉBITO - SEGURADOS EMPREGADOS - CONTRIBUINTES INDIVIDUAIS - DIFERENÇA DE CONTRIBUIÇÕES - SAT- PERÍODO ATINGINDO PELA DECADÊNCIA QUINQUENAL - SÚMULA VINCULANTE STF. O STF em julgamento proferido em 12 de junho de 2008, declarou a inconstitucionalidade do art. 45 da Lei n 8.212/1991, tendo inclusive no intuito de eximir qualquer questionamento quanto ao alcance da referida decisão, editado a " Súmula Vinculante n° 8 "São inconstitucionais os parágrafo único do artigo 5º do Decreto-lei 1569777 e os artigos 45 e 46 da Lei 8.212/91, que tratam de prescrição e decadência de crédito tributário'. Em sendo constatada a existência de recolhimentos antecipados a decadência qüinqüenal deve ser apreciada a luz do art. 150, §4° do CTN. RECURSO VOLUNTÁRIO PROVIDO,
Numero da decisão: 2401-001.374
Decisão: ACORDAM os membros do Colegiada, por unanimidade de votos, em declarar a decadência do lançamento. Votaram pelas conclusões os conselheiros Igor Araújo Soares, Wilson Antônio Souza Corrêa e Rycardo Henrique Magalhães de Oliveira, que entendem ser irrelevante a antecipação de pagamento.
Matéria: Pasep- ação fiscal (todas)
Nome do relator: ELAINE CRISTINA MONTEIRO E SILVA VIEIRA